segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

O gato e o Rato (poema infantil de Isabel Furini)

O gato estava na poltrona
Quando viu um rato
Brincado com uma vassoura.

O gato correu o rato,
E o rato se escondeu
Em um buraco da parede.

Depois de uma hora,
Cansado de esperar,
Pulou sobre a poltrona.

Sobre a poltrona
Havia uma bola de basquete
da Dona Georgete.

A bola de basquete
Caiu sobre o tapete.
O gato deu um pulo.

Caiu sobre o tapete
E começou a brincar
Com a bola de basquete.

Entrou na cozinha
Um outro pequeno rato,
Chamado Honorato.

Pois o cheiro de queijo
É bom para os ratos.
O rato achou o queijo.

E ficou feliz.
Comia o queijo Camembert
Quando o gato o viu.

Honorato correu e o queijo levou
E dona Georgete
Entrou na cozinha e gritou:

Ciro, você está de regimem,
não pode comer queijo.
O Ciro, confuso, falou:

- Sim, querida...


Isabel Furini

Fotografia de Isabel Furini

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...