terça-feira, 22 de maio de 2012

Fotos dos certificados

Certificados do 2º Concurso Internacional Poetizar el Mundo.


Certificados para ganadores del Concurso de Poesía

Los ganadores del concurso de Poesía Poetizar el Mundo, en idioma español, recibirán los certificados por el correo.


1° Lugar
PERLA EN EL UNIVERSO
Hermosa como ninguna, la tierra sigue girando
entre el paso de los siglos y un mundo que va cambiando.
Maravilla incomparable, sueño de tantos poetas
que han dedicado sus versos a este excelso planeta,
y a sus colores de vida que el universo refleja.

Sheina Lee Leoni Handel
Montevideo, Uruguay


2º Lugar
EMPÍREO
Escribir es morir a cada instante
y también soñar
poder dar a la existencia un aliento de muerte cada noche
pero no escribo
únicamente vomito lo invisible

Pavel Carlos Muñoz Ayona
Lima, Peru

3º Lugar
SENTIDO
No es que perdi el tren
porque estuviese atrasada
es que yo esperaba
en el outro sentido.

Autora: Ester Buffa
São Paulo, Brasil

4º Lugar
1 (Uno)
Miráme,
ayudáme a contemplar
los profundos ojos
del niño antiguo.
Me avergüenzan.

Darío Alejandro Paiva
De Buenos Aires, Argentina

5º Lugar
A última Nana
Antes que la noche escribiera
un final azul bajo sus párpados,
el cuento perdió la última hoja
y las hadas cayeron
                        al vacío.
Erick Edilberto Estrada Quispe
Arequipa - Peru


6º Lugar
CAMINO
El sol,
se ha escapado de la humanidad.
¡Qué extraño!
una niña alumbra el camino.

Yajaira Coromoto Álvarez Giménez
Barquisimeto, Venezuela

7º Lugar
RUMBO A LA DEMENCIA
En el límite exacto de la sensatez
y en extraños estados de tiempos no vividos
(huelo su aroma)
transporto el dedo índice hasta mis sienes
cual bala penetrando en mis deseos.

Gloria Olguin
 IQUIQUE – CHILE


8º Lugar
CAMINO LA TARDE
Voy caminando la tarde, me ayuda a recordar
en este viaje de ida conmigo los años van;
insiste, insiste la tarde en las cosas que hice mal…
pero la vida me dice: Basta ya de llorar.
Dios te ha puesto la mesa con tu vino y con tu pan.

Ester García
Buenos Aires, Argentina


9º Lugar

XIII
Olvidé que aquel árbol estaba allí creciendo
ahuecándose dentro
no me culpen si arrastro tantos bosques desechos
ya no tengo familia
hay un túnel. He muerto.

Claudia Alemán Concepción
La Habana Cuba


10º  Lugar
Mares
A veces somos mares tormentosos sobrevolados por incontables gaviotas
otras veces somos el mar calmo y sin gaviotas
otras veces somos el mar que se ondea tranquilamente y las gaviotas bajan…
en ese punto la soledad se diluye ...y la gaviota muere de amor.

Catalina Sánchez Bohórquez
Bogotá, Colombia

segunda-feira, 21 de maio de 2012

O SONHO DE PEDRINHO (Figuras geométricas)

Pedrinho estava estudando os quadriláteros na escola.
A professora disse que os quadriláteros são figuras com 4 lados. Estão divididos em paralelogramos e trapézios.
O Paralelogramo tem os lados opostos paralelos.
O trapézio possui só dois lados paralelos.

Uma noite ele sonhou que os quadriláteros falavam!


OS PARALELOGRAMOS

Eu sou um quadrado,
tenho quatro lados,
são todos iguais.
Eu tenho dois primos
e vou apresentá-los:

Este é o Retângulo,
ele tem quatro lados,
dois pequeninos
e dois bem maiores.

ESSE É O LOSANGO

Esse é o Losango,
também tem quatro lados,
são todos iguais,
mas ele está apoiado
só num pé.
(E eu acho que deve doer).

– Meu pé! – gritou o Losango zangado
– Chama-se vértice menor.
– Tudo bem, primo – disse o Quadrado.
– Não fique zangado!

Nós somos da família dos paralelogramos,
pois nossa família tem outro ramo,
que são os trapézios.

O trapézio é uma figura que possui só dois lados paralelos.



Pedrinho sonhou que os quadriláteros lhe faziam perguntas:

– Agora vejamos, Pedrinho:
Que forma tem a porta?

– Forma de retângulo – respondeu o menino.

– Que forma tem a cama?
– Retângulo também.


– E as portas de seu armário?
– Retângulos. Todos retângulos.

– E a porta da geladeira?
– Retângulo também.
– E a janela?
– Retângulo.













O QUADRADO

– Chega! – gritou o quadrado.
– Deixe-me falar de mim.

– Veja a mesinha da sala.
– Ela é quadrada.

– E o assento de sua cadeira?
– Quadrado também. – respondeu Pedrinho.



O LOSANGO
– E eu? – perguntou o Losango enciumado.
– Onde tem objetos que me lembrem?
– Ninguém gosta de mim?

– Claro que gostamos de você – disse Pedrinho

– E onde estou eu? Na porta da geladeira? Não!
Nas cadeiras? Não! Nas mesas? Também não!
Não estou em nenhum lugar.
Ninguém gosta de mim.
– Veja minha pipa! – exclamou Pedrinho
abrindo a porta do armário e pegando uma pipa colorida.

– Sou eu! – disse contente o Losango.
E ficou feliz porque ele fazia parte da vida do Pedrinho.





O TRIÂNGULO

Eu sou o triângulo retângulo
e tenho três lados.
Também tenho dois irmãos.

O triângulo equilátero.
Seus lados são todos iguais
e o triângulo escaleno
tem lados desiguais.


 O CILINDRO
Eu sou o cilindro,
eu sou bonitinho.
Se você me empurrar,
eu posso rolar.

– Eu sei. – disse o Pedrinho. – As latas de lixo...
Elas são cilindros.












 O CONE

– Eu sou o cone.


Você me conhece?


– Sim! – gritou Pedrinho.


– Eu conheço você dos aniversários.
As crianças colocam chapéus coloridos
com forma de cone.




O Cone ficou contente:
– Eu gosto de aniversários! – gritou.

O CÍRCULO

– Eu sou o círculo,
todo redondinho,
sou um pouco gordinho.
Desenhem-me como uma bola
que rola e rola...


A PIRÂMIDE

– Eu sou a pirâmide,
tenho cinco lados.
Quatro de meus lados
unidos na ponta
sobre um quadrado.

– Eu sei! – gritou Pedrinho entusiasmado.
No Egito tem pirâmides.
– Que menino inteligente! – disse a Pirâmide.

Na noite seguinte, Pedrinho teve um sonho diferente, sonhou que viajava de avião e chegava ao Egito.

Lá via as pirâmides, brincava com sua bola e remontava sua pipa colorida.


sábado, 19 de maio de 2012

Poemas "O jardim"

Ao molhar as flores,
as gotas d'água brilham
bem-vindo arco-íris!

Vanice Ferreira











Na tarde de outono
admiro no jardim, o arco-íris
lindo e breve a inspirar poemas...
Vanice Ferreira

19/05/2012


segunda-feira, 14 de maio de 2012

OFICINA: ESCREVER POEMAS - Mensagem e Técnica


DATA: 23 de maio (seis encontros)
HORÁRIO: 1º turma 15 horas,
2º turma: 25 de maio, 19:00 horas.
LOCAL: Voluntários da Pátria, 610, 1º andar.
INFORMAÇÕES: (41) 8813-9276.
INSCRIÇÃO: R$ 230,00 em duas parcelas de R$ 115,00 cada uma.  A vista R$ 200,00.

OBSERVAÇÕES: No final da oficina serão escolhidos dois ou três poemas de cada aluno para fazer parte de um livro - a participação dos alunos será GRATUITA.

Inscrições pelo e-mail: isabelfurini@hotmail.com


sábado, 12 de maio de 2012

1 Lugar concurso "Poetizar el mundo"

Amigos, no conseguimos entrar en contacto con Sheina Lee Leoni Handel ganadora del concurso Poetizar el Mundo, ya mandamos e-mail, el número de teléfono que ella envió está errado... bueno, si alguien sabe como hacemos para contactarla y mandarle el trofeu pedimos el favor de avisarnos al e-mail: isabelfurini@hotmail.com





1° Lugar
PERLA EN EL UNIVERSO

Hermosa como ninguna, la tierra sigue girando
entre el paso de los siglos y un mundo que va cambiando.
Maravilla incomparable, sueño de tantos poetas
que han dedicado sus versos a este excelso planeta,
y a sus colores de vida que el universo refleja.

Sheina Lee Leoni Handel
Montevideo, Uruguay

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Tela: "Sonhando com um planeta distante" de Carlos Zemek,  grupo http://www.facebook.com/groups/obrasdarte/ 

Poema de Isabel Furini, en español, inspirado en ese cuadro.

REDES
Una trampa mortal
en el mar de sombras.

Hay redes que nos atrapan.

Refleja mi silencio
el movimiento del água
entre mis pies dormidos.

Y esas montañas,
montañas del olvido
que reviven esperanzas muertas
y anuncian una aurora nueva
en la desierta ruta del destino.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...