segunda-feira, 19 de março de 2012

OS PATINHOS SAPECAS (Poema infantil)

Recomendável: a partir de 3 anos.
Ilustração de Marco Teixeira - do Estúdio Teix.
Texto de Isabel Furini, autora da coleção "Corujinha e os filósofos", editora Bolsa Nacional do Livro. Ministra oficinas e palestras para educadores.
e-mail: isabelfurini@hotmail.com

1
Um patinho
nadava no lago,
veio um outro patinho
e começou a nadar a seu lado.[/size]

1+ 1 = 2

2 - Dois patinhos
nadavam no lago.
Chegou um amigo
e os convidou a navegar
em um barco construído
com papel de jornal.




2 + 1 = 3
3 -Três patinhos
passeavam de barco,
aproximou-se outro patinho
e viu o barco afundando.

3 + 1 = 4

4 - Quatro patinhos
nadavam e riam no lago.
Chegou mais um amigo
com uma bola de plástico.

4 + 1 = 5


5 - Cinco patinhos
brincavam no lago.

A bola vermelha ia e voltava
até cair na cabeça de um outro pato.
O pato estava sentado
num caminhão de brinquedo.


5 + 1 = 6

6 - Seis patinhos riam
e brincavam perto do lago
com um caminhão de brinquedo
que andava para cima e para baixo.

Um patinho voava sozinho,
desceu e os convidou a voar.

6 + 1 = 7

7 - Sete patinhos voavam,
voavam enfileirados sobre o lago.
Pertinho um do outro
e com muito medo de cair.

De repente enxergaram outro pato...
Ele voava rápido, muito rápido.
Bbbuuummm! Bateu nos patinhos
e todos caíram no lago.


7 + 1 = 8

8 - Oito patinhos nadavam no lago.
Um deles reclamou: – Voar é difícil.

– Nossas asas precisam crescer –
disse um patinho marrom,
enquanto se aproximava
brincando com um avião.


8 + 1 = 9

9 - Nove patinhos nadavam,
para frente e para trás.
Um pato cantor se aproximou deles
e disse: – Vamos cantar.


9 + 1 = 10


10 - Dez patinhos cantavam no lago.
Era um coro desafinado.
Uns cantavam baixo, outros alto;
uns cantavam rapidamente, outros, lentamente.
Uns cantavam com som de corneta
e outros cantavam com som de trombeta.


1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - 7 - 8 - 9 - 10

As mães dos patinhos
escutaram seus filhotes cantar.

Chegaram correndo: Um, dois e três,
quatro, cinco e seis, sete, oito, nove e dez.
– Estão todos aqui! – gritou contente
dona Pata para dona Patona.
Os dez patinhos haviam saído sem avisar
e de castigo foram dormir sem jantar.

1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - 7 - 8 - 9 - 10

Nenhum comentário:

Postar um comentário