sexta-feira, 2 de junho de 2017

Cansaço - Poema de Isabel Furini

CANSAÇO

O idoso
desceu
e deitou no porão
para amarrar
o sapato das lembranças

mas o passado
escorregou
entre suas mãos

porque a mente
tem vários horizontes
mas o tempo
não conhece
o vaivém da contradança
e só avança.

Isabel Furini




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...