sábado, 29 de setembro de 2012

POESIA E POEMA (poema infantil)


(Leitura recomendável: a partir de 8 anos).

Na porta do prédio,
o poeta falava com Maria:
- Poemas são ondas
no oceano da poesia,
mas há alguns dias
eu não tenho inspiração.


Nesse mesmo momento,
uma gatinha sapeca
que brincava no parapeito
da janela
deixou cair seu brinquedo...
A boneca aterrissou na cabeça do poeta.
Plaf!


E de repente, uma luz:
- Você quer me conhecer?
Eu sou a Poesia.

O poeta olhou o céu e começou a poetar:

A poesia é deserto, céu, ar, luz, mar...
Poemas são como areia,
poemas são como o vento,
poemas são como as ondas
que agitam o belo mar.

O poeta abriu os olhos
e exclamou:
- Os poemas são como pássaros,
livres pássaros e pássaros prisioneiros,
pássaros voando no céu,
aprisionados nas letras,
aprisionados nos livros,
quase canções do mar.

Rindo, a Maria falou:
- Agradeça a esse gatinha,
você estava na ruína.
Dê a ela um brinquedo novo,
mostre a sua gratidão,
pois voltou a sua inspiração.


Isabel Furini é escritora e poeta premiada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...