terça-feira, 24 de abril de 2012

O RELÓGIO (Poema infantil)


O RELÓGIO

Tic...Tac....  Tic....Tac....
Tic... Tac... Tic... Tac...
Os ponteiros dançam,
dançam sem cansar.
Tic... Tac... Tic... Tac...

O relógio continua
a marcar as horas
sem presa e sem demora.


Tic...Tac....  Tic....Tac....
Chega meio-dia
chega meia-noite
e o relógio anda,
anda,
anda
e anda.
Anda sem parar.
Será que ele quer chegar
até a praia
e tomar banhos de mar?

Um comentário:

  1. buenas isabel,queria saber si a traves de este blog se podra saber los resultados de poetizar al mundo ,el concurso en español gracias.-

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...