sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

VENTANIA


O passado persiste. Eterno vento sopra no corredor das lembranças. As portas do passado abrem-se... Sementes de ontem germinam hoje em um poema

nervoso.

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...