sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Bonecos - poema de Isabel Furini



Bonecos da infância
há anos destruídos
incólumes nas lembranças
protegem a eterna substância
da brincadeira e do riso

os bonecos da infância
guardam
a fragrância do passado
- e as lembranças.

Isabel Furini
Fotografia de Isabel Furini



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...